As provas da ditadura na política e na educação: o Inquérito Policial Militar (IPM) da Paraíba (1964-1969)

Autores

Afonso Celso Scocuglia

Sinopse

Neste livro, parte-se da premissa de que a legitimação e a legalização das intervenções militares no Brasil nunca foram tão relevantes para os próprios militares como no período que vai do golpe de abril de 1964 até a edição do AI-5, em dezembro de 1968. São notórios os vários depoimentos de militares golpistas que procuraram justificar a intervenção como resposta a um apelo da sociedade, especialmente das classes médias preocupadas com a inflação, o comunismo e a agitação social. As modificações da estrutura do poder judiciário, impostas a partir do AI-2 (1965) para legalizar os arbítrios da ditadura contra seus “inimigos internos”, constituíram visível tentativa de legitimar o regime discricionário. Isso sem contar com a implantação do bipartidarismo como forma concreta de justificar politicamente as medidas do Estado militar e legalizá-lo.  

Downloads

Não há dados estatísticos.
Capa para As provas da ditadura na política e na educação: o Inquérito Policial Militar (IPM) da Paraíba (1964-1969)
Publicado
outubro 21, 2019
Categorias

Detalhes sobre essa publicação

Co-publisher's ISBN-13 (24)
978-85-237-1455-0